Somos o povo do coração aquecido

Por Leandro Alves da Silva

“Deus que conhece os corações, demonstrou que os aceitou, dando-lhes o Espirito Santo, como antes nos tinham concebido, Ele não fez distinção entre nós e eles, visto que purificou os seus corações pela fé” Atos 15:8-9

Desde a experiência de John Wesley em 24 de maio de 1738 na  Rua Aldersgate em Londres, Jonh Wesley passa por uma experiência espiritual que mudaria não apenas sua vida mas o mundo ao seu redor.

Durante uma grande tempestade na travessia do Oceano Atlântico, John ficou profundamente impressionado com a confiança e tranquilidade demonstradas por um grupo morávio de cristãos pietistas que alegremente cantavam e louvavam ao nome de Jesus diante da perspectiva da morte. Tal atitude contrastava com os sentimentos de medo da morte e do juízo final. Tais experiências são o início de uma crise que o levará a uma grande descoberta!

E hoje, 278 anos após esse acontecido relatado por John Wesley em seu diário da seguinte forma: “À tarde fui, com pouca vontade, a uma reunião na Rua Aldersgate (Londres); quando cheguei alguém estava lendo o prefácio de Lutero à Espístola de Paulo aos Romanos. Cerca das vinte horas e quarenta e cinco minutos, enquanto ele descrevia a mudança que Deus opera mediante a fé em Cristo senti o coração maravilhosamente aquecer-se, senti que eu agora confiava realmente em Cristo, somente em Cristo, para salvação; e me foi dada a segurança de que Cristo havia perdoado os meus pecados, sim, os meus, e que eu estava salvo da lei do pecado e da morte”.

À época, a Inglaterra vivia uma profunda crise social. Operários e mineiros trabalhando 16 horas por dia por um salário de fome. Crianças em idade escolar, trabalhando feridas e morrendo de frio.

Quero chamar sua atenção com essa lembrança de que “SOMOS O POVO DO CORAÇÃO AQUECIDO”, não seremos, ou apenas fomos chamados a ser. Nossa doutrina tem uma história linda de relacionamento com o Espirito Santo e isso não pode passar despercebido de cada um de nós . Não comparando a  crise vivida por nós no Brasil hoje, com a crise vivida pela Inglaterra no tempo de John Wesley, mas ao mesmo tempo aproveitando o momento para voltarmos a nossa identidade.

O decimo do nosso Artigos de fé fala desta experiência de termos o coração aquecido, ou como escrevemos: Inteiramente Santificado. “É operada pelo batismo com o Espirito Santo e compreende, numa só experiência, a purificação do coração e a permanente presença intima do Espirito Santo, dando ao crente poder para uma vida santa e para serviço” ( Manual 2005-2009, pag 35 )

Em um tempo de muitos corações resfriados pelos secularismo, uma vida hedonista, egocêntrica, da procura por “prêmios virtuais”, que todos possamos passar por essa crise interna e ter nossos corações aquecidos com o fogo do Espírito Santo.

Pois a vida de santidade passa pelo aquecimento do coração de cada crente ao redor do mundo, John Wesley disse assim sobre essa santidade:

  • Que, sem a santidade, nenhum homem verá ao Senhor;
  • Que esta santidade e a obra de Deus, que opera em nós, tanto o querer quanto o fazer a sua vontade;
  • Que Ele faz isto de seu bom prazer, meramente pelos méritos de Cristo;
  • Que a santidade é ter a mente que estava em Cristo, nos capacitando a caminhar, como Ele caminhou;
  • Que nenhum homem pode ser santificado, até que ele seja justificado;
  • Que nós somos justificados pela fé, apenas.

Se olharmos bem para esses pontos da santidade definida de Wesley, vemos com clareza porque ele era considerado o “homem de um livro só”, a Bíblia, a toa, todos os conceitos de santidade de Wesley eram a Bíblia em sua essência. Sua vida era centrada nas leituras sistemáticas da Palavra de Deus, e isso ele garante somente acontece depois de ter o coração aquecido, e se voltarmos e lermos com calma como ele relata em seu diário o dia que teve o coração aquecido, “À tarde fui, com pouca vontade, a uma reunião na Rua Aldersgate (Londres)……….

Ele não tinha vontade nem de ir a reunião, muito menos em ler, meditar e se aprofundar na leitura bíblica, isso somente ocorreu depois da experiência de ter o seu coração aquecido.

“Dá-me dez homens que nada odeiem senão o pecado, que nada temam senão Deus e que nada busquem senão almas perdidas, e eu transformarei o mundo em chamas”. Assim podemos perceber o quanto ter o coração aquecido fez a diferença na vida de Wesley.

 Podemos perceber porque Wesley se referia tanto aos termos “Crise” ou “ Experiência”,( Fundamentos da Teologia Arminio Wesleyana, pag 88) continuamos dependendo de passar por essa CRISE INTERNA E TER UMA EXPERIÊNCIA REAL, PESSOAL COM O ESPIRITO SANTO.

Estamos vendo as igrejas cheias…….. de pessoa vazias. Somos o povo do coração aquecido. Se está longe, vivendo apenas de uma religiosidade fria, superficial, familiar, chegou o tempo de você deixar o Espirito Santo aquecer seu coração, mudar sua vida, e reescrever sua história.

278 anos depois, não existe outra maneira de viver uma vida de santidade, entrega, renuncia, abnegação, morte do eu, sem sentir o coração aquecido pelo Espirito Santo.

Que Ele incendeie você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*