Ouvindo Deus na leitura da Bíblia

Por José Rosivaldo Silva Santos

O Deus do cristianismo é um Deus que se relaciona com suas criaturas e no uso de sua inquestionável sabedoria, escolheu usar como um dos principais meios de comunicação, a Bíblia. Ele inspirou os escritores humanos para que pusessem na forma escrita seus mandamentos, suas promessas e os exemplos de homens e mulheres que em algum tempo da história viveram e deixaram um legado tanto a ser seguido, como a ser repudiado. Porém jamais ignorado.

Inegavelmente a Bíblia é confiável como palavra de Deus e digna de ser obedecida como código de normas idealizado pelo Criador de todas as coisas. Sem qualquer sombra de dúvida ela é inspirada como revelação divina. A arqueologia e as ciências modernas têm se visto obrigadas a se dobrarem diante de evidências inquestionáveis referentes à veracidade de fatos que a Bíblia sempre afirmou como reais e muitos consideravam mitologia ou crendices.

A Bíblia é um livro sagrado; por isso, seus ensinos exigem dobrada atenção e estudo meticuloso da nossa parte, pois por meio dela Deus nos fala. Ao ler seus ensinos ouvimos a voz de Deus com os ouvidos da nossa alma. Ouvir a voz de Deus deve ser a maior prioridade da vida das pessoas. Se essa fosse a maior ambição a ser perseguida pelos homens, certamente o mundo não teria chegado tão baixo nos seus padrões pseudo-morais como vemos na atualidade. Se os homens buscassem conhecer a vontade de Deus e se dispusessem a vivê-la, certamente suas vidas seriam melhores e muitos dos males que hoje sofrem não teriam sequer surgido.

A Bíblia é o manual do Criador; lá estão as normas para um bom e duradouro funcionamento da vida e das relações do homem consigo mesmo, com seu próximo e com Deus. A Bíblia tem sido um bote salva-vidas para homens e mulheres cujas vidas jaziam em charcos profundos de pecado e desespero. Ela tem se mostrado poderosa no combate a má conduta e ao caráter imoral.

Se você quer ouvir a voz de Deus, mas não tem obtido sucesso quando lê as páginas inspiradas da sacrossanta Palavra de Deus, este livro é para você. Escrito com oração e empenho, este livro deseja servi-lhe de bênção para esclarecer suas dúvidas. E que o Espírito de Deus, que é o principal intérprete da Bíblia, lhe dê graça para você ouvir a voz do Senhor em cada texto lido das sagradas Escrituras. Sabemos, contudo, que muitas pessoas não conseguem ouvir Deus lhes falando quando lêem a Bíblia. Em alguns casos, por não entenderem, em outros, por entenderem equivocadamente ou insuficientemente, sem a profundidade com que o autor divino planejava ao inspirar seus escritores.

Alguns escritores bíblicos apresentam a Bíblia como sendo a espada de Deus1. Essa comparação não é usada debalde. De fato, a Bíblia é a espada poderosa de Deus concedida aos homens. Uma espada tem pelo menos duas utilidades: cortar partes indesejadas e matar. Sim, estas são as duas principais utilidades de uma espada. Quando um soldado jazia no campo de batalha, sua espada tanto lhe fornecia meios de ele cortar coisas indesejadas ou desnecessárias e era também sua principal arma de morte.

A Bíblia tem o mesmo papel em nossas vidas. Ela é a poderosa espada de Deus com a qual podemos cortar das nossas vidas tudo aquilo que não serve para um cristão. Ao definir o que é o pecado, a Bíblia nos mostra os galhos indesejados que dificultam a nossa produção de obras dignas de um cristão. A Bíblia, como espada, também mata. Mata o velho homem com seus rudimentos errôneos e egoístas. Paulo diz categoricamente aos Colossenses2: “fazei morrer a vossa natureza carnal”. E como podemos fazer morrer nossa natureza carnal? Sujeitando-nos à Palavra de Deus revelada nas páginas da Bíblia Sagrada.

Que a leitura deste livro lhe dê as condições necessárias para você ouça a voz de Deus na sua leitura da Bíblia e, assim, usar de modo poderoso e eficaz a espada do Espírito que é a palavra de Deus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*